COMPARTILHE

Como surgiu?

Em 13 de julho de 1985 foi organizado um evento chamado Live Aid, este que consistia em shows simultâneos no estádio Wembley na Inglaterra e no John F. Kennedy Stadium na Filadélfia, Estados Unidos; o objetivo do evento era arrecadar fundos para tentar combater a fome na Etiópía. Durante o evento, Phil Collins deu a sugestão que aquele
dia, que hoje completa seus 31 anos, fosse considerado o dia mundial do rock.

Apesar do nome, o “dia mundial do rock” é comemorado predominantemente no Brasil, sem uma grande repercussão nesta data; vale destacar que assim como esta data se popularizou no Brasil por ser citada em programas locais de rádio, outras datas se popularizaram em outras nações por questões daquele local, como por exemplo um show de uma banda ou algo do gênero.

Quem participou?

O Live Aid contou com diversos grandes nomes de rock e do blues, tais como Phil Collins, U2, Dire Straits, Queen, David Bowie, The Who, Elton John, B.B. King, Black Sabbath, Judas Priest, Santana, Tom Petty, Neil Young, Eric Clapton, Led Zeppelin, Mick Jagger, Scorpions, Bob Dylan, entre outros.

Fotos do Evento

foto 3
Reprodução / Vale 7
Reprodução / Vale 7
Reprodução / Vale 7
Reprodução / Vale 7
Reprodução / Vale 7

Bônus: Parabéns

Aproveitamos a “data querida” para parabenizar dois grandes nomes do rock que receberam a bênção de nascer nesta data especial.

Jason Bonham

Todos sabem que não existe e não existirá no rock um baterista que supere os feitos de John Bonham, mas a natureza garantiu que o legado deste mestre permanecesse vivo nas mãos de seu filho, Jason Bonham, que além de se virar nos vocais, é um exímio baterista e está sempre presente nas apresentações do Led Zeppelin e completa 50 anos hoje!

Reprodução / Vale 7
Reprodução / Vale 7

Mark Mendoza

Fechando 61 anos da idade, Mark “The Animal” Mendoza, ou simplesmente Mark Mendoza, é desde 1978 o baixista da banda de hard rock e heavy metal Twisted Sister; parabéns, Mark!

Reprodução / Vale 7
Reprodução / Vale 7

E claro, parabéns para todos nós, que mantemos o rock vivo em nossas mentes e nossos corações todos os dias, pois o rock´n´roll nunca pode morrer!

Publicidade