Prefeitura de Gravataí / Divulgação

Regiões como o Barro Vermelho, Costa Ipiranga, Itacolomi e Morungava estão sendo beneficiadas com o maquinário público, que começou a operar em janeiro deste ano. A melhoria veio por um projeto aprovado pelo Governo Federal, através de uma solicitação da Prefeitura.

Entre as máquinas, destacam-se arados – específicos para o preparo do solo e plantio – carroções hidráulicos, ensiladeiras e roçadeiras. Além destes, semeadoras/adubadoras de plantio direto, máquinas de função híbrida que garantem mais economia e produtividade às lavouras da região, estão disponíveis para locação.

Trituradores de galhos também podem ser encontrados. A ferramenta possibilita a compostagem orgânica dos frutos, contribuindo com produtos mais naturais e ricos em nutrientes.

A vantagem é que além de contar com equipamentos modernos e mais ágeis, torna-se muito mais barato para o produtor, já que o aluguel é menos de 1/3 do valor de mercado, contando com o operador da máquina que realiza o serviço, dando mais comodidade ao proprietário”, explicou o secretário Denner Gelinger, enfatizando que “o aluguel é disponibilizado mediante agendamento pela SMAA e custa cerca de R$ 35,00 a hora, enquanto que maquinários particulares não saem por menos de R$ 100,00/ hora“.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite um comentário!
Por favor informe seu nome