A Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo do Governo do Estado, autorizou a entrega de 185.453 sacas de sementes de milho (híbrido e transgênico) e sorgo do programa Troca-troca de Sementes, safra 2017/2018. A iniciativa beneficiará 63.362 agricultores familiares de 424 municípios. A novidade este ano é que a distribuição ocorrerá antes da abertura do calendário de plantio, com prioridade de entrega conforme o zoneamento agrícola.

“Poucas vezes na história do programa as sementes de milho foram disponibilizadas com tanta antecedência”, afirma o secretário Tarcisio Minetto. “A garantia de sementes de boa procedência ao produtor, além de beneficiar a produção, servirá de suporte forrageiro para alimentação de animais nos períodos de seca”, completa.

Para o governador José Ivo Sartori, o Troca-Troca tem uma história de influência positiva com quase 30 anos de incentivo à agricultura. “Precisamos apoiar e aumentar a produção de milho no Rio Grande do Sul porque o nosso consumo é superior à produção, razão pela qual os preços não caem”, destaca.

Criado em 1988, o Programa Troca-Troca de Sementes leva ao campo sementes de milho e sorgo com subsídio de 28%. Com essa ação, o governo do Estado estimula o aumento da produção e da produtividade, gerando desenvolvimento e qualidade de vida aos agricultores, fixando-o no meio rural e garantindo sustentabilidade ao setor. Aproximadamente 25% da área a ser plantada com milho é feita com sementes do Troca-Troca. Um terço dos agricultores de cereais gaúchos está inserido no programa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite um comentário!
Por favor informe seu nome