arquivo Vale7

A Pesquisa CNT de Rodovias, edição 2017, trouxe um levantamento das condições das rodovias que cortam o Vale do Gravataí (Cachoeirinha, Gravataí e Glorinha). O destaque ficou para a Free Way – BR-290. Mas quem chamou a atenção, também, foram as rodovias estaduais. Mas não foi algo positivo.

No principal estudo, as rodovias são classificadas pelos tópicos: Extensão pesquisada (km), Estado Geral, Pavimento, Sinalização e Geometria da Via. As rodovias estaduais do Vale do Gravataí pesquisadas, são: ERS-020, ERS-030 e ERS-118.

Rodovia    Extensão – km     Estado Geral     Pavimento     Sinalização   Geometria da Via
ERS-020         46                    Ruim               Regular          Regular            Péssimo
ERS-030         96                  Regular             Regular           Regular           Regular
ERS-118         16                    Ruim               Ruim              Ruim               Péssimo

Foram destacados na pesquisa, de modo geral, as condições das sinalizações das rodovias. As placas e as pinturas, entre legíveis, desgastadas e inlegíveis. 73,7% são legíveis, 24,9% foram consideradas desgastadas e pouco mais de 1% como inelegíveis.

Pesquisa
Nesta sua 21ª edição, a Pesquisa CNT de Rodovias expandiu a sua abrangência ao percorrer 105.814 quilômetros de rodovias asfaltadas em todo o país para avaliar a evolução qualitativa da malha rodoviária e indicar necessidades de investimentos na malha à disposição da sociedade.

Os dados foram organizados, a partir de uma apuração balizada por rigorosos critérios técnicos, permitem uma visão completa e segura das condições das rodovias brasileiras.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTrecho do Vale do Gravataí da Free Way é considerado ótimo pela pesquisa CNT
Próximo artigoTrecho da Estrada Arthur José Soares já recebe pavimentação
Apresentador de rádio nas emissoras da Rede Pampa de Comunicação. @kleriton

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite um comentário!
Por favor informe seu nome