Reprodução Google

O Ministério Público (MP) irá apurar se houve descumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), por casa noturna interditada na madrugada de domingo (24), em uma fiscalização da Prefeitura. A informação é da secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Luana Krumberg. Segundo ela, relatórios confeccionados pela Brigada Militar e Conselho Tutelar serão encaminhados ao MP para serem tomadas as devidas providências.

Uma operação da Prefeitura de Gravataí, Guarda Municipal e Brigada Militar, com a presença do Conselho Tutelar, interditou a casa noturna na Avenida Dorival de Oliveira, na Parada 61. Após realizarem a vistoria e verificarem que a documentação estava em dia, os fiscais constataram a presença de 58 menores no local. Os adolescentes foram assistidos pelos conselheiros tutelares e encaminhados aos responsáveis.

De acordo com a secretária, a casa noturna é reincidente nesse tipo de infração. “Ações são realizadas periodicamente no município para inibir este tipo de infração, que proíbe a entrada de menores nestes tipos de festas. Aproveitamos também para vistoriar o local e verificar a documentação“, destacou.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNova parada e sinalização revitalizada na região do Hospital
Próximo artigoVerão18 | Vale7 esclarece tudo sobre ir para o Litoral de ACV
Apresentador de rádio nas emissoras da Rede Pampa de Comunicação. @kleriton

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite um comentário!
Por favor informe seu nome